A Tereos, uma das líderes mundiais na produção de açúcar, álcool e amidos, doou 85 mil mudas de árvores nativas para o reflorestamento da Floresta Estadual do Noroeste Paulista, parte da área ocupada pelo antigo Instituto Penal Agrícola (IPA), atingida recentemente por incêndios de grandes proporções.

A assinatura do protocolo de intenções entre a empresa e a Prefeitura de Rio Preto contou com a presença do diretor de Operações Agroindustriais da Tereos, Raul Guaragna, e da secretária municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Kátia Regina Penteado Casemiro.

Trata-se de uma das maiores doações já realizadas pela Tereos. As 85 mil mudas serão suficientes para recuperar cerca de 51 hectares, área que equivale a 47 campos de futebol.

“Poder público, iniciativa privada e sociedade civil, mais do que nunca, devem agir juntos quando o assunto é Meio Ambiente. Dessa união depende o futuro do nosso planeta e, aqui em Rio Preto, essa parceria tem se tornado prática. Hoje, graças a essa doação, teremos condições de dar uma resposta rápida à destruição que tivemos do reflorestamento da Floresta do Noroeste Paulista com as queimadas recentes. Com essas milhares de mudas e um esforço conjunto, vamos iniciar de imediato a recomposição do reflorestamento, disse a secretária Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Kátia Regina Penteado Casemiro.

“O compromisso com a sustentabilidade ambiental e com as comunidades onde estamos inseridos é um dos nossos pilares. Além de investir em tecnologia e em campanhas de conscientização para prevenção e combate dos incêndios, a Tereos também doa mudas de árvores para áreas que sofreram com o impacto dos incêndios”, afirmou Raul Guaragna, diretor de Operações Agroindustriais da Tereos. “Com esta doação, queremos contribuir com a reconstrução desta importante área verde da cidade.”

A empresa mantém um viveiro de mudas de árvores nativas em sua unidade industrial Cruz Alta, em Olímpia-SP, com capacidade para produzir mais de 350 mil mudas por ano. Em 2019, foram mais de 122 mil mudas produzidas, suficientes para reflorestar uma área de 73 hectares. E, ao longo dos últimos anos, foram mais de 870 mil mudas produzidas e mais de 370 mil doadas.

Ações de prevenção e combate

Durante a safra 20/21, a Tereos seguiu investindo em medidas na luta contra o fogo. Para o controle rápido de focos de incêndio, a empresa adquiriu caminhonetes leves, equipadas para combater focos iniciais e com tração nas quatro rodas, conferindo agilidade no deslocamento. Além disso, o Grupo implantou o aplicativo Checklist de Aceiros, para monitorar e avaliar a limpeza e metragem desta importante barreira contra a propagação do fogo, entre outras funcionalidades.

As medidas têm auxiliado a companhia em suas sete unidades industriais de açúcar e energia a iniciar o protocolo de contenção de incêndios antes que o fogo se propague por áreas maiores, dando tempo para que as equipes de bombeiros, tanto da empresa quanto pertencentes ao Plano de Auxílio Mútuo (PAM), cheguem ao local para debelar o potencial incêndio.

Desde 2018 a Tereos conta com um sistema de monitoramento feito por meio de 13 satélites meteorológicos operados por agências governamentais (entre elas a Nasa), que enviam alertas automáticos das ocorrências de incêndio diretamente à Central de Controle da empresa, o que permite respostas ágeis para o combate nas áreas atingidas.

Vamos conversar?

Preencha o formulário abaixo e nos conte o que você precisa.

 
(17) 3201-7510
falecom@comunic.com.br