Equipe Jovem, Ética e Comprometida.

Criatividade e experiência integram o currículo dos profissionais que atuam nas áreas de assessoria de imprensa, comunicação corporativa e áudio visual da Comunic...

Notícias

Mulheres já são 30% dos cargos de comando no campo

06/02/2018

Mulheres já são 30% dos cargos de comando no campo

Pesquisa da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA), que antecede o Censo Agropecuário, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que um a cada três cargos de comando no campo é exercido por uma mulher. Hoje elas ocupam 30% das posições de gestão.

 

O levantamento, feito ao longo de 2017, contou com a participação de 2.090 agricultores e 717 pecuaristas de 15 Estados. Há cinco anos, em 2013, a participação feminina em cargos de chefia e administração era de 10%.

 

Uma dessas mulheres é a administradora rural, Sarita Junqueira Rodas, de Monte Azul Paulista (SP). Há dez anos, após a morte do pai, ela, na época com apenas 25 anos, se viu em meio a um dilema sobre quem ficaria à frente dos negócios. Eram três irmãs que, até então, não tinham experiência na área.

 

Empreendedora e ousada, Sarita não, pensou duas vezes ? estudou, se especializou e hoje está à frente do Grupo Junqueira Rodas, que produz laranja, cana-de-açúcar e é detentor do berço da raça de gado Tabapuã, em cidade de nome homônimo, localizada no interior de São Paulo. Foi ainda a primeira mulher a compor o conselho do Fundecitrus, além de vice-presidente da ABCT, Associação dos Criadores da Raça Tabapuã.

 

?Buscar uma posição de alta gestão no agronegócio, sendo mulher, era uma coisa que assustava muito as pessoas, ainda mais se tratando de uma empresa que já estava em pleno funcionamento. Eu era formada em Direito, mas aceitei o desafio, fiz vários treinamentos, internos e externos, durante seis anos e comecei a trabalhar na empresa?, relembra.

 

Os esforços foram recompensados. Além de dobrar o patrimônio da empresa e produção ? no ano passado, o grupo produziu 4,3 milhões de caixas de laranja, o que equivale a 340 milhões de copos de suco. Tem 450 funcionários sob sua gestão em 13 propriedades rurais espalhadas pelo Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

A pesquisa, feita pela AMRA, revela ainda que uma em cada quatro mulheres no comando em propriedades rurais tem formação superior. Entre os homens, é um em cada cinco.

 

O levantamento também aponta que 81% das entrevistadas não exercem outra atividade. Em 2013, 43% delas tinham sua única residência no campo; agora são 56%. Cinco anos atrás, 30% delas diziam ter duas casas, uma na cidade e outra no campo. Agora, apenas 19% têm.